Atenção

Fechar

PUBLICAÇÕES ABINOX

Informativos Inox

Aço inox e apicultura

Informativo nº 46 | Julho de 2019

Aço inox e apicultura

Produção de mel com inox

Base fundamental na produção de alimentos em ambientes profissionais, o aço inoxidável brilha na apicultura, na produção de mel e em todos os subprodutos. Os sistemas de colheita, produção e armazenamento impõem materiais e equipamentos apropriados. Assim, o inox deve ser utilizado em todas as partes e peças, o que inclui arrebites e soldas, evitando sempre o contato com outros metais, como o aço pintado ou o alumínio, para prevenir a corrosão galvânica. De resto, os apicultores procuram o inox pelas virtudes como durabilidade, resistência à corrosão, à proliferação de bactérias e uma limpeza cômoda. O inox não reage aos compostos presentes nos alimentos ou bebidas e dificulta a adesão de bactérias. A retenção de contaminantes no aço inox é cerca de dez vezes inferior à do plástico ou à do aço esmaltado. Por isso, os apicultores costumam exigir equipamentos de qualidade, para que o mel não seja contaminado em centrífugas, mesas desoperculadoras, torneiras, decantadores, garfos, peneiras e filtros. Assim, o inox surge como um elemento fundamental na garantia da integridade desses alimentos nobres sem riscos ao meio ambiente.

Fumigador

No campo, próximos aos eucaliptos ou laranjeiras (as principais floradas), as colmeias são construídas em madeira. Mas o aço inox aparece na hora de acalmar as abelhas com o fumigador, uma câmara de combustão para produzir fumaça expelida por um fole. Dentro das caixas das colmeias, os favos são removidos por pegadores de inox e uma escova, também de aço inox, afasta as abelhas sem machucar os insetos, seguindo os padrões de gestão da boa colheita com alto grau de resistência à corrosão.

Inox aplicado AISI 304

 

Mesa desoperculadora

Uma vez removido da colmeia, o favo chega na linha de processamento coberto de opérculos ou camadas protetoras produzidas pelas abelhas que serão removidas na mesa desoperculadora, fabricada em aço inoxidável. Nesta etapa é necessário trabalhar com instrumentos adequados, como espátula para não estragar a cera alveolada, formão ou garfo de remoção de cera do
favo, tudo com a durabilidade do inox e facilidade de limpeza.

Inox aplicado  AISI 304 padrão alimentício, acabamento polido ou brilhante

Centrífuga

Removidos os opérculos, os favos estão liberados para a extração do mel, o que ocorre na centrífuga. A inércia química do inox não altera o sabor nem a cor do mel que é coletado em baldes e tanques com filtros ou peneiras de inox que retêm as impurezas e micro-organismos que podem se agregar ao processo na coleta ou no transporte.

Inox aplicado AISI 304 padrão alimentício, acabamento polido

Decantador

Antes de seguir para a embalagem, o produto passa por decantadores (de inox), onde os últimos resquícios de cera são derretidos. Nessa engenharia planejada para armazenar, manipular e preparar alimentos como o mel, o aço inoxidável aumenta a segurança e a credibilidade do negócio.

Inox aplicado 304 (tambor, saída, torneiras, tampas e estrutura), acabamento polido

Embaladora

Além do mel, diferentes produtos resultantes da apicultura, como o pólen granulado, a secreção cremosa conhecida como geleia real e o própolis (uma resina) são embalados em mesas alimentadas por equipamentos em inox que transportam os alimentos acabados até a etapa final, antes de seguir viagem. Não custa repetir: no setor de alimentos a baixa rugosidade do inox favorece a engenharia mecânica e o design voltados para a higiene..

Inox aplicado  304, acabamento polido


Voltar para a lista