Atenção

Fechar

NOTÍCIAS

O aço inox como aliado da cozinha industrial

13/10/2020 | Mundo do Marketing

Uma das áreas mais bem-sucedidos do mercado é o setor alimentício, afinal, trata-se de uma necessidade básica de todos. Sua cadeia produtiva para que o alimento chegue até as casas e restaurantes, é extensa. Buscar estar de acordo com a Lei é de extrema importância, sobretudo, em cozinhas industriais, onde os alimentos são manipulados.

Servir uma refeição equilibrada e saborosa não se resume somente em mão de obra qualificada, mas uma série de práticas que devem ser seguidas para garantir a segurança alimentar e a saúde daqueles que se alimentarão, o que engloba desde o ambiente físico, e condições de higiene de instalações e equipamentos disponíveis.

É de amplo conhecimento que um aliado para o combate de vetores em uma cozinha industrial é o aço inoxidável, material amplamente utilizado nesse espaço devido às características únicas que possui.

Entendendo a Anvisa na cozinha industrial

Antes de tudo, é válido entender o órgão que legisla sobre esses ambientes. No caso do Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que surgiu em 1999, tendo como responsabilidade a promoção e proteção da população, intervindo nos riscos decorrentes da produção e do uso de produtos e serviços sujeitos à vigilância sanitária.

Em resumo, o órgão atua no controle sanitários de diferentes produtos e serviços, atuando em todas as etapas que envolvem a produção cosméticos, medicamentos e alimentos.

A Anvisa deve trabalhar junto com os estados e municípios para criar as normas e padrões de controle sanitário, conceder registro a produtos, proibir a fabricação, distribuição e armazenamento de produtos e interdita estabelecimentos que possam causar danos à saúde.

Na prática, dentro de uma cozinha industrial, a Anvisa conta com normas para obtenção do alvará, as quais analisam com rigor os principais pontos de higiene e segurança alimentar, como recebimento, transporte, armazenamento e manipulação dos insumos, por exemplo.

A fiscalização da Anvisa dentro da cozinha industrial

A Anvisa fiscaliza, sobretudo, a higiene do ambiente, incluindo utensílios e equipamentos. Em uma cozinha industrial, onde tudo é usado de maneira constante e intensa, é necessário manter a limpeza de forma rigorosa para reduzir a presença de microrganismos indesejados.

O controle de vetores e pragas deve estar em dia e ser feito de forma rigorosa. Não basta somente um pesticida simples, como usado em residências, mas procedimentos sérios que sejam eficazes e aplicados por uma empresa especializada. Segundo a Lei “deve estabelecer procedimentos pré e pós-tratamento a fim de evitar a contaminação dos alimentos, equipamentos e utensílios”.

As roupas usadas em uma cozinha industrial também precisam ser de acordo com as recomendações do órgão, bem como a forma de se descartar os resíduos, que de preferência deve ser separado entre lixo orgânico e demais tipos.

A presença do inox nas cozinhas industriais

O planejamento na composição do ambiente é fundamental para que haja aplicabilidade das normas estabelecidas e, portanto, ofereça máxima segurança no preparo do alimento.

Durável e higiênico, o aço inox é resiste à corrosão, impactos e abrasão e por isso é um dos materiais com maior presença na cozinha industrial. Os benefícios do inox tornam o custo-benefício dos utensílios e mobiliário vantajosos.

Além da resistência à ferrugem, ideal para ambientes onde existam intenso contato com água, o inox permite fácil limpeza devido as suas paredes lisas e não porosas, que impede ainda o acúmulo de sujeiras e a proliferação de microrganismos causadores de doenças.

Essa é uma forma também de se evitar um chamariz para pragas, afinal, a limpeza e esterilização será feita com muito mais praticidade, bastando na maioria das vezes, sabão neutro e pano macio e úmido. É válido lembrar que uma das normas da Anvisa é a limpeza imediata após conclusão dos trabalhos diários.

Outro exemplo importante é sobre a retirada de detritos do local, que deve ser feita de forma higiênica e cuidadosa. Em áreas de preparação de alimentos, o descarte precisa contar com tampas com acionamento sem contato manual.

O carro de detritos fabricado em inox é ideal para essa situação, pois, além da praticidade exigida, conta com todos os benefícios do inox que o torna durável.

Utilizar uma mesa inox, por exemplo, para a preparação de alimentos, evita a contaminação desses, além de não transmitir transmite cheiro, cor ou sabores à refeição.

O aço inox na cozinha industrial ainda contribui com a beleza do ambiente, transmitindo elegância e suntuosidade nos mínimos detalhes.

Leia a matéria na íntegra.

Voltar para a lista