Atenção

Fechar

NOTÍCIAS

Cheiro de alho nas mãos? Um aço inox pode te ajudar!

20/04/2022 | Fatos Desconhecidos

A hora do almoço chega e você precisa se lançar na cozinha. Então, prepara a comida, e após isso, lava as suas mãos. No entanto, ao cheirá-las, você percebe que elas ainda estão com cheiro de alho. Basicamente, não adianta passar água de novo, pois talvez, a solução seja mais sólida do que você pensa: um aço inox.

Sim, ao tocar nesse material, o mau odor magicamente vai embora. Na verdade, não tem mágica nenhuma, apenas ciência. Sendo assim, neste post iremos explicar por que esse fenômeno ocorre.

Aço inox

A princípio, este termo é muito popular nas propagandas de lojas de móveis. Porém, nem sempre as pessoas entendem bem o que é um aço inox. Em síntese, essa designação vem de inoxidável. Ou seja, essa variante de aço é mais resistente à oxidação.

Neste processo, o ferro dos materiais entra em contato com o oxigênio da atmosfera. Como resultado disso, temos a formação do óxido de ferro. Este, por sua vez, é a base da ferrugem que vemos por aí, tornando inúteis os materiais metálicos.

No entanto, com o aço inox a brincadeira não é bem assim. Isso porque essa variante possui em sua composição 10,5% de cromo. Sendo assim, este “parceiro” puxa para si o oxigênio que iria enferrujar o ferro. Em outras palavras, neste caso, é o cromo que oxida.

Ou seja, um material inoxidável não é intocável ao processo de oxidação, pois este continua acontecendo. No entanto, quem “enferruja” é o cromo, sendo este processo muito menos danoso ao material.

Apesar dessa resistência, saiba que há sim a possibilidade de um inox se danificar com o oxigênio da atmosfera. Por isso, é importante evitar cloro nas limpezas dessas superfícies, além de impedir a proliferação de bactérias. Estes dois eventos danificam a estrutura do objeto programado para fornecer mais durabilidade.

O que isso tem a ver com o cheiro de alho?
De início, é bom lembrar que o alho possui uma substância chamada alicina. Esta é a grande culpada pelo odor de alho que fica em nossas mãos. Do mesmo modo que facilmente nos deixa constrangidos, ela também tem uma remoção muito tranquila.

Lembra que mencionamos a oxidação do cromo na superfície do inox? Pois é, essa ferrugem formada tem uma forte interação com a alicina. Dessa forma, ao aproximar esse material de nossas mãos, o odor de alho se conecta a ele. Como consequência, temos nossa pele sem aquele forte “aroma”.

Portanto, metais inoxidáveis também trazem soluções de limpeza. A propósito, existe um utensílio chamado sabonete inox que extrai não só mau odor do alho, como também todo cheiro desagradável causado por substâncias com enxofre. No entanto, para ele funcionar, precisa ter uma corrente de água que removas os vestígios dos componentes indesejados.

Outras técnicas
Em suma, o aço inox não é o único capaz de remover o cheiro de alho em nossas mãos. Basicamente, há outras técnicas que atendam a essa finalidade.

Nesse sentido, destaca-se em primeiro plano o sal grosso, conhecido companheiro do alho. Com as mãos secas, basta esfregar um pouco do composto salino para que o odor do alho se desintegre.

Do mesmo modo, a salsinha promove tal remoção ao ser esfregada em nossa pele. No entanto, no caso dessa hortaliça, ela serve também para tirar hálito de alho. Para isso, é só ingerir a salsinha enquanto come aquele almoço caprichado no tempero.

Pro fim, trazemos a boa e velha água corrente. Pode parecer que não funciona, mas essa técnica realmente age bem, basta fazer da maneira correta. Portanto, é só deixar as mãos em água corrente por um minuto, sem esfregar (eu sei que você consegue resistir). Contudo, é importante que se deixe uma vasilha por baixo do procedimento para captar esse precioso líquido, e assim, evitar desperdícios.

Fonte: Super Interessante, Dr. Lava Tudo.

Leia na íntegra.

Voltar para a lista

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.