Atenção

Fechar

PUBLICAÇÕES ABINOX

Informativos Inox

O inox em clínicas médicas e odontológicas

Informativo nº 15 | Novembro de 2016

O inox em clínicas médicas e odontológicas

Selo de garantia na higiene

Os microrganismos, principais causas de contaminações e doenças, insistem em invadir clínicas médicas, consultórios odontológicos e unidades básicas de saúde. O uso do aço inoxidável em diversos equipamentos tem servido de escudeiro a essa incansável invasão. São muitos os tipos de acabamentos ofertados, entre eles os lisos e os lixados com baixa rugosidade, o que dificulta a proliferação de micróbios e a formação de biofilmes e torna o aço inoxidável higiênico, impermeável e asséptico. Uma escolha adequada para aplicações em usos clínicos que vão do revestimento da mobília, pias, lixeiras, equipamentos e instrumentos, até braceletes de identificação. A facilidade de limpeza do inox imprime às atividades ligadas à área de saúde uma marca de garantia na higiene dos serviços de atendimento clínico no mundo inteiro.

Pinças, alicates e tesouras

Tesouras ortodônticas, pinças e alicates médicos, espátulas e agulhas para centros de atendimento exigem um inox com alta resistência à corrosão, resistência mecânica e ausência de magnetismo. Esses instrumentos reutilizáveis são frequentemente higienizados e esterilizados; para isso são utilizados agentes químicos e físicos, de acordo com o tipo de material laboratorial e sua resistência ao vapor ou calor. Nesse caso, o inox é o material mais apropriado para suportar todo esse processo.

Aço inox: 304, no acabamento lixado com baixa rugosidade ou brilhante.

Carrinhos

Ao chegar à clínica, o paciente espera encontrar bons profissionais, equipamentos e ambiente adequados. Os carrinhos carregam os instrumentos sob o mais rigoroso regime de higiene, tudo em aço inox. Circulando por entre as salas de coleta e de exames, sua assepsia é de grande importância, de forma a evitar contaminações. Para a limpeza, água e sabão neutro ou produtos específicos são o suficiente. A secagem do aço inox é outro fator importante para inibir o aparecimento de manchas na sua superfície.

Aço inox: 439 e 304, no acabamento lixado com baixa rugosidade, brilhante ou polido.

Macas

Sujeitas ao ataque constante de substâncias corrosivas, tais como banhos clorados, as macas transportam pessoas em diferentes condições clínicas. A presença de molibdênio na composição química do inox da maca eleva sua resistência à corrosão e mecânica, necessária pelos constantes choques a que é submetida. Aceito pelos órgãos de vigilância sanitária, o inox apresenta uma excelente relação custo-benefício, já que uma das suas principais características é a grande durabilidade.

Aço inox: 316, nos acabamentos brilhante ou lixado com baixa rugosidade.

Bandejas e recipientes

“Escritório ambulante” do enfermeiro, a bandeja de inox vem em socorro do paciente trazendo agulhas (também de inox), estetoscópio, termômetros ou seringas. Como todo procedimento, os riscos de contaminação são consideráveis. Por isso, o aço inox em bandejas – algumas montadas sobre rodinhas ou em armários com gavetas – cumpre as funções de garantir a prevenção de infecções e da contaminação, com leveza, facilidade de limpeza e durabilidade.

Aço inox: 304, nos acabamentos lixado com baixa rugosidade ou brilhante.

Portas de correr

Por conta da facilidade de limpeza e manutenção, as portas de correr de consultórios e clínicas são feitas em aço inox. A redução de espessura com garantia da resistência estrutural é um diferencial para o inox. O aspecto estético das portas de correr de inox inspira confiança aos profissionais e, principalmente, aos pacientes.

Aço inox: 304 e 439, no acabamento lixado com baixa rugosidade ou brilhante.

Braceletes de identificação

Muitas pessoas que sofrem de algum mal específico, como diabetes ou alergia a algum medicamento, têm usado braceletes ou colares de identificação que irão ajudar os paramédicos ou equipes de emergência a responder à condição de um paciente em estado inconsciente. Um dos materiais utilizados nesses casos é o aço inoxidável. Fabricados com o 316L, os braceletes e colares evitam todos os tipos de contaminantes na superfície e não escurecem com o tempo.

Aço inox: 316L, no acabamento brilhante.


Volta parar lista